Três dicas para fazer compras light no supermercado

Uma paradinha no supermercado pode contribuir com a sua dieta (além de mandar o excesso embora de uma vez) e, de quebra, economizar seus preciosos minutos. “Certos alimentos práticos estão liberados no carrinho e favorecem uma alimentação equilibrada, como as saladas em pacotes individuais, alguns congelados, biscoitos e pães integrais”, diz a nutricionista Fátima Rodrigues. Quer mais sugestões para abastecer sua dispensa e fazer as pazes com a balança? Então siga essas quatro dicas já.

1. Busque produtos orgânicos. Eles são livres de agrotóxicos – substâncias que aumentam o inchaço, a retenção líquida e a inflamação dos tecidos. Delicie-se com o que o corredor de hortifrútis oferece. As opções de legumes e verduras a vácuo ou pré-lavados são saudáveis é fáceis de preparar no dia a dia.

2. Na hora de comprar os industrializados, fique de olho nos rótulos e compare as tabelas nutricionais. Os teores de sódio devem ser baixos, assim como os da gordura. A dica é combinar os produtos prontos com naturais frescos.

3. Para o jantar, compre sopas de legumes congeladas. Vale também aquelas saladas individuais com folhas, cenoura, cebola, tomate e frango. Na ceia, você também pode optar por alimentos levinhos, como chá (sem açúcar), uma fruta ou um biscoito integral.

Fonte: Revista Nova
Publicado em Dicas alimentação, Nutrição | Marcado com , | Deixe um comentário

Os principais erros ao fazer uma dieta

Comer rápido, pular refeições, substituí-las por frutas ou beliscar em demasia são alguns dos principais erros cometidos para quem pretende perder peso. Para não atrapalhar a dieta e acostumar o organismo de forma errada, saiba como driblar as principais ciladas!

Segundo a nutricionista Mariana Ribeiro Costa, um dos principais erros cometidos durante a dieta é justamente ficar sem comer por tempo prolongado.

“O ideal é se alimentar de três em três horas. Caso contrário, a primeira resposta do organismo é a desaceleração do metabolismo, ou seja, o gasto energético é reduzido porque o corpo entende que em situação de ‘falta’ ele precisa poupar toda a energia possível. O organismo por sua vez vai agir pela lei da compensação ao tentar manter uma reserva maior de energia (gordura) para se prevenir no caso de um próximo período de privação. O ideal é fazer de cinco a seis refeições ao dia, em intervalos regulares”, recomenda.

Outro grande erro cometido em certas dietas é a exclusão de carboidratos do cardápio. Segundo a nutricionista, esse é um erro comum e completamente desnecessário, geralmente motivado pela famosa dieta das proteínas, que retira o carboidrato da dieta e libera o consumo de fontes de proteína e gordura.

“Dessa forma, o organismo utiliza como fonte de energia gordura e músculos. O emagrecimento acontece, mas o preço a pagar por isso é caro, já que o consumo excessivo pode levar à sobrecarga na atividade renal, elevação de triglicerídeos e colesterol ruim (LDL).

Ainda há o agravante de não incluir hortaliças e frutas, o que pode provocar a uma deficiência de vitaminas e minerais. É comum que pessoas que optem por esta dieta relatem alterações de humor, impaciência e irritabilidade”, conclui.

Fonte: VilaMulher
Publicado em Dicas para emagrecer, Emagrecimento | Marcado com , | Deixe um comentário

Alimentos que podem detonar a dieta

Aparentemente inofensivos por sererm considerados mais leves ou saudáveis, se consumidos sem moderação esses alimentos podem detonar seus planos de emagrecer, fique de olho e veja quais são esses alimentos abaixo!
Açaí – Apesar de ser rico em nutrientes (principalmente: cálcio, ferro, vitamina B1), o principal problema do açaí é a quantidade de calorias do alimento, são 248 calorias em 100 gramas. Os complementos na hora de consumi-lo também costumam tornar ainda mais calórica a fruta, dentre eles: granola, banana picada e leite condensado.
Granola – Este mix de cereais, frutas secas e castanhas leva fibras e vitaminas que dão saciedade e energia, mas também contém açúcar. 100 g de granola tem 421 calorias. Invista na versão diet/light da mistura.
Refrigerante zero – Os refrigerantes desse tipo não possuem calorias, mas um outro elemento do refrigerante causa preocupação nos especialistas: o adoçante. Quanto maior for o consumo de adoçantes, maior fica o desejo por doces.
Saladas temperadas – A saladinha costuma ser uma opção leve, mas aquelas temperadas com molhos prontos, azeite, queijos, azeitonas e croutons devem ser evitadas porque costumam carregar muitas calorias. Uma opção mais saudável é um prato de salada de folhas verdes, tomate, pepino e palmito, temperada com molho de iogurte desnatado e acompanhada de uma proteína mais leve, como o peito de frango ou peixe grelhado.
Comida japonesa – Um dos alimentos que as pessoas mais gostam da culinária japonesa é o sushi. Apesar de ser feito com alga, vegetais e frutos do mar, o alimento tem a base de arroz e, às vezes, recheios calóricos como o cream cheese. O sushi têm entre 20 e 45 calorias cada um, mas o problema é que come-se muitos de uma vez só. Portanto, fique atenta!
Fonte: VilaMulher
Publicado em Nutrição | Marcado com , | Deixe um comentário

Descubra as calorias dos ovos de Páscoa

Tradicional, diet, sem lactose… São tantas opções de ovos de chocolate. Eles variam em tamanho, formato, textura, alguns são crocantes, outros têm recheios cremosos. Mas qual  engorda menos?
Para que essas delícias não pesem na balança, o primeiro passo é moderar nas porções. A medida ideal é um pedacinho de 30 gramas por dia. Se você tem dúvidas sobre qual ovo de Páscoa escolher, fique de olho nas calorias.
• Ao leite diet (sem açúcar, mas é gorduroso): 136 calorias
• Ao leite recheado de creme brúlee: 160 calorias
• Ao leite com wafer: 161 calorias
• Ao leite tradicional: 162 calorias
• Feito de soja: 163 calorias
• Ao leite recheado com trufa de avelã: 167 calorias
• Ao leite recheado com trufa tradicional: 169 calorias
• Ao leite recheado com creme de castanha de caju: 187 calorias
Obs.: os valores calóricos se referem a 30 gramas da casca do ovo de chocolate (os bombons não foram incluídos).
Fonte: Boa Forma
Publicado em Quantas calorias tem ? | Marcado com | Deixe um comentário

Quer emagrecer? Aposte em quatro tipo de inibidores naturais de apetite

Você sabia que alguns alimentos funcionam como inibidores naturais de apetite? Eles dão uma boa sensação de saciedade, aplacando a fome e evitando a compulsão alimentar. Além disso, são magrinhos, pois são pouco calóricos e quase não contêm gorduras. Quer saber quais são? Dê uma olhadinha nesta lista elaborada por Aline Garrido, nutricionista do Spa Med Sorocaba Campus, interior de São Paulo.

1. Alimentos ricos em fibra. “Este nutriente sacia e ajuda a segurar a fome até a próxima refeição”, explica a especialista. Você pode encontrá-lo nas verduras cruas, como alface, rúcula, agrião, couve e espinafre. Também está presente nas frutas. Aposte também em versões integrais de arroz, pães e massas. Eles ajudam a manter o nível de açúcar no sangue mais equilibrado, evitando que a fome volte logo. Só não vale exagerar no consumo.

2. Leite e derivados. São fontes de proteína,  substância que tem digestão lenta e, por isso, retarda a fome. Prefira sempre os desnatados, que contêm menos gordura. O ideal é consumi-los entre as refeições (no lanche da tarde ou na ceia).

3. Chás naturais ou em sachês. Esse tipo de bebida mantém o estômago preenchido, diminuindo o apetite. Melhor ainda se eles tiverem ação termogênica (que aumenta o metabolismo e a queima calórica corporal). Bons exemplos são os de canela, gengibre, hibisco e o verde. E sempre sem açúcar (é claro!). “Evite os prontos industrializados (em lata). Eles geralmente contêm sódio, mineral que contribui para a retenção de líquido e causa inchaço”, alerta a nutricionista.

4. Peixes com ômega 3. Em geral, esse tipo de gordura (do bem) retarda o esvaziamento gástrico, aumentando a saciedade. Mas, é preciso ter cautela em seu consumo. Segundo Aline, 1 grama de gordura, seja  qual for a origem, possui 9 calorias. Portanto, modere!

Fonte: Dieta Nunca Mais
Publicado em Dicas para emagrecer | Marcado com | Deixe um comentário

Quantas calorias têm os pratos típicos da culinária chinesa?

A culinária chinesa usa uma boa quantidade de verduras e legumes. Só que muitos desses pratos vegetarianos são fritos ou refogados com óleo, por isso, se tornam bem calóricos. Os molhos também costumam ser gordurosos e, no caso dos agridoces, levam açúcar. Mesmo assim, sobram opções mais saudáveis, como as sopas de vegetais, o frango xadrez e o arroz yakimeshi.
Quer saber mais? Então dê uma olhada nessa lista de pratos típicos da culinária chinesa e seus valores calóricos (referentes a 100g):
Yakissoba de carne (macarrão, carne, legumes e molho oriental/porção pequena): 640 calorias.
Frango ao molho oriental (frango empanado com molho de soja e gengibre/porção pequena): 612 calorias.
Frango crispy (arroz, molho oriental, flocos de ovo e frango empanado/porção pequena): 578 calorias.
Bifum de carne (macarrão de arroz, carne, flocos de ovo e legumes/porção pequena): 504 calorias.
Bifum de vegetais (macarrão de arroz, flocos de ovo e legumes/porção pequena): 451 calorias.
Risoto da China (arroz, carne, legumes, flocos de ovo e molho de soja/porção pequena): 376 calorias.
Rolinho de queijo (bolinho frito com queijo/1 unidade): 158 calorias.
Rolinho primavera (bolinho frito com carne de porco e legumes/1 unidade): 105 calorias.
Guiosa suíno no vapor (bolinho de carne suína/1 unidade): 53 calorias.
Fonte: Revista Boa Forma
Publicado em Dicas alimentação, Quantas calorias tem ? | Marcado com , | Deixe um comentário

Iogurte O Grande Aliado.

O iogurte não é um simples leite que fermentou, onde os lactobacilos se multiplicaram, ele é rico em fibras e é uma fábrica de vitaminas. É um dos alimentos mais nutritivos que existe, em sua composição encontramos: proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas: A, B1, B2, B3, B6, B12, C, D, minerais como potássio, cálcio, fósforo, magnésio, zinco, ferro, sódio. biotina, ácido pantotênico, ácido fólico, colina, inositol, ele não contém glúten.
Fonte: VilaMulher
Publicado em Nutrição | Marcado com | Deixe um comentário